sábado, 6 de dezembro de 2014

A Gloriosa Resenha – Que São Arnaldo dê forças a este post



Olá amigos romanos!

A Lenda de Ruff Ghanor” escrito por Leonel Caldela. Um livro baseado em aventuras de Role Playing Game. Um livro que mergulhou num universo fantástico e trouxe histórias emocionantes e incríveis. É um livro tenso, onde o humor que prevalecia nas partidas passa muito longe, afinal era outra época. Aqui, a jornada do herói reina absoluta. Onde novas dificuldades e surpresas te esperam em cada capítulo.

Ruff Ghanor é certamente um grande personagem. Chega ao seu ápice em determinada parte do livro que pode ser comparada a uma cena do filme “Homem de Ferro” (leia pra saber!). O que todos falam de você não conseguir parar de ler é verdade. Até porque alguns finais de capítulos são feitos pra isso, prosseguir a leitura. Um ponto que gostei foi a adaptação do universo. É excelente. Tenho algumas ideias do que vai acontecer adiante com os personagens, mas não sei se chegarei perto do que será criado. O autor foi astuto em vários plots. É difícil, mesmo pra quem ouviu as histórias nos Nerdcasts (que se passam no futuro), saber ao certo o que acontecerá. Até o óbvio! Um ponto fraco, mas irrelevante, é a falta de humor. Tem algumas partes de alívio cómico, mas a comédia escrachada dos áudios foi extinta. Mas tem que haver separação. Por isso disse que é irrelevante, porque essa nunca foi a proposta. Como dizem: “Se você quer sorrir, vai com o Patati!”

Enfim, o livro é realmente bom e o final explodiu minha cabeça. O final mesmo. Não a parte que o autor fala sobre si e faz agradecimentos. Essa parte foi um pouco chata de ler depois daquele final. Inclusive, tudo o que deveria vir depois era um grande e marcante: “ÉÉÉéééérrrr!!”.


Ao Compartilhamento e Além!

Marco Gomes não gostou desse post...