quarta-feira, 30 de abril de 2014

HQ20 - O Mito



















Agora você sabe quem ele é e sabe o nome dele!
Uma continuação virá na HQ25 e com ela novidades. Aguarde!
(Desculpem o atraso, galera!)

domingo, 20 de abril de 2014

A Gloriosa Resenha - De Vadinho à JK



Olá amigos Romanos!

Você sabe quem morreu um dia desses? Um tal de José Wilker. Grande ator? A nova geração (eu) o conhece muito bem? Pra começar ele é considerado um dos maiores atores da sua geração (será que é só pelo Faustão?) e começou sua carreira como locutor de rádio (é obvio o porquê).

José Wilker nasceu em 20 de Agosto de 1944, em Juazeiro do Norte e... Não espera, assim fica muito parecido com matéria de jornal semanal. Vamos a minha opinião. Sabe aquele José Wilker das novelas, entre mais ou menos 2000 e 2014? Então, não vi nenhuma dessas novelas... Mas o pouco que sei sobre elas, na maioria das vezes ele fazia um personagem sério. Pesquisando, descobri que em 2004 a novela Senhora do Destino foi quem trouxe o personagem Geovanni Improtta, que virou filme recentemente. Esse papel era cômico, no entanto, o seu filme eu não achei tão engraçado. Enfim, em minha opinião o José Wilker era um bom ator, tanto por seus papéis sérios quanto os cômicos. Em minisséries, como em JK ou Gabriela (assisti por causa da Juliana Paes) ele fez excelentes papéis sérios. Em Gabriela, que fez bastante sucesso principalmente no nordeste, por exemplo, seu personagem era sério, mas ainda assim cômico em certas cenas. Mas o filme em que o Seu José mais brilhou, foi Dona flor e Seus Dois Maridos. Pra você que assistia ele só em novelas, pare o que está fazendo e procure agora esse filme! A primeira vez que assisti a esse filme vi que o personagem Vadinho, interpretado por Wilker, destoava de tudo o que eu já havia o visto fazer. Foi um dos poucos, ou único, filme que assisti com o Wilker e que me fez coloca-lo no meu grande ranking desorganizado de grandes atores brasileiros, pois para mim o bom ator não é aquele que faz um vilão como ninguém ou faz um drama como ninguém, e sim quem sabe passar por diversos personagens diferentes e me passar verdade na atuação. Não sei como foi sua atuação em Roque Santeiro (Perdoai-vos pai, eles não sabem...) e não sabia que o José Wilker narrou o filme O Guia do Mochileiro dasGaláxias (sem predileções ao Stephen Fry, ok?), também nunca assisti ao filme Os Inconfidentes, que parece ser um filme muito bom, e nem sabia que ele havia dirigido boa parte dos episódios de Sai de Baixo (1997 a 2002) – série muito boa, quem não viu e tem TV paga, procura pelo canal VIVA que está reprisando.

Mas o que mais me fez sentir a morte dele não foi sua carreira como ator, mas como Crítico de cinema. Eu não sei vocês, mas eu adorava a cobertura do Oscar pela Globo com o José Wilker. Seus comentários eram excelentes, sempre mostrando seu grande conhecimento em cinema. Avatar vai ganhar o Oscar de melhores efeitos especiais? Sim, isso todos dizem. Mas o Seu José ia a fundo falando sobre a mudança no visual, fazia comparações, falava sobre o diretor e até sua experiência ao assistir o filme, fazendo-me compará-lo com os meus ídolos atuais em crítica sobre Cinema, Beto, Afonso e Diogo, do MRG. Por isso fica aqui uma nota de ódio à Globo por ter tentado fazer algo novo na transmissão esse ano, e ter feito a maior CAGADA que já vi.

Esse é o resumo de um cara que não sabe nem 40% da carreira do Wilker, mas que com o pouco que sabe virou fã do seu trabalho.

Ao compartilhamento e Além... E agora dá licença que eu vou cagar.

sábado, 12 de abril de 2014

Diencéfalo - #26










Pense duas vezes antes de se tornar amigo de Greg.

Ao Compartilhamento e Além!

sábado, 5 de abril de 2014

Sociedade Brasileira














Espero que não entendam errado! #nãomereçoserestuprada

Ao compartilhamento e Além!