sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

2015


Atenção pessoas, aliens, mutantes e seres rastejantes que por acaso decidiram mover seus mouses em direção a um link nada clicado! Vossa presença é sempre bem vinda!

Comunico a todos (ou a ninguém) que o blog entrará em modo de hibernação até o próximo ano. Mudanças totalmente radicais podem ser feitas (ou não tão radicais). No próximo ano pode ser que se desenvolva algo a mais nesta bagaça! Ou talvez o blog termine... Ou até migre seu conteúdo para algum outro formato de compartilhamento de conteúdos da internet. Quem sabe?

Isso não é bem um breve. É mais um "Não sei, cara... Não sei."

Feliz Ano Novo Adiantado!

@GregorioOff   <- Não sigam!

Natal, Natal, Natal...















Em todos esses anos nesse Blog vital, essa não é a primeira piada ruim que acontece!

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Animal Figurado - #20







Um pouco de nonsense e chutação de balde...
É a última pessoal. A partir do ano que vem tem outra série de tiras.

@GregorioOff

Ao compartilhamento e Além!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Animal Figurado - #19







Sinto cheiro de merda no ar! Por isso é a penúltima tira.

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

domingo, 7 de dezembro de 2014

Não é a HQ25 - Casting


















Maior prova de que eu sou fã do Nerdcast não existe! Enviei pra eles, e se não aparecer por lá pelo menos fica registrado por aqui.

É quase natal. Época de postagens a mais, segmentos revividos, entrega de HQs prometidas...

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

sábado, 6 de dezembro de 2014

A Gloriosa Resenha – Que São Arnaldo dê forças a este post



Olá amigos romanos!

A Lenda de Ruff Ghanor” escrito por Leonel Caldela. Um livro baseado em aventuras de Role Playing Game. Um livro que mergulhou num universo fantástico e trouxe histórias emocionantes e incríveis. É um livro tenso, onde o humor que prevalecia nas partidas passa muito longe, afinal era outra época. Aqui, a jornada do herói reina absoluta. Onde novas dificuldades e surpresas te esperam em cada capítulo.

Ruff Ghanor é certamente um grande personagem. Chega ao seu ápice em determinada parte do livro que pode ser comparada a uma cena do filme “Homem de Ferro” (leia pra saber!). O que todos falam de você não conseguir parar de ler é verdade. Até porque alguns finais de capítulos são feitos pra isso, prosseguir a leitura. Um ponto que gostei foi a adaptação do universo. É excelente. Tenho algumas ideias do que vai acontecer adiante com os personagens, mas não sei se chegarei perto do que será criado. O autor foi astuto em vários plots. É difícil, mesmo pra quem ouviu as histórias nos Nerdcasts (que se passam no futuro), saber ao certo o que acontecerá. Até o óbvio! Um ponto fraco, mas irrelevante, é a falta de humor. Tem algumas partes de alívio cómico, mas a comédia escrachada dos áudios foi extinta. Mas tem que haver separação. Por isso disse que é irrelevante, porque essa nunca foi a proposta. Como dizem: “Se você quer sorrir, vai com o Patati!”

Enfim, o livro é realmente bom e o final explodiu minha cabeça. O final mesmo. Não a parte que o autor fala sobre si e faz agradecimentos. Essa parte foi um pouco chata de ler depois daquele final. Inclusive, tudo o que deveria vir depois era um grande e marcante: “ÉÉÉéééérrrr!!”.


Ao Compartilhamento e Além!

Marco Gomes não gostou desse post...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Animal Figurado - #18







Totalmente desnecessário... Principalmente o corte Tina Turner!

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

PigeonMan - Azaghal e o White House







Como eu demorei pra postar isso aqui! Piada de um nerdoffice antigo!

@GregorioOff (Marco Gomes ainda não gosta de mim)

Ao Compartilhamento e Além!

Animal Figurado - #17







Eu juro que eu não entendo essa tira. E sim. É um pavão!

@GregorioOff (Marco Gomes não gosta de mim :'( )

Ao Compartilhamento e Além!

sábado, 22 de novembro de 2014

Promessas...















Uma imagem vale mais que mil palavras... E mil palavras quase vale uma imagem.

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Animal Figurado - #16







Como dizia o grande filósofo macaco Caesar "NOOOOOOOOOO!!!"

@GregórioOff (Não tem nada no twitter ultimamente)


Ao compartilhamento e Além!

domingo, 16 de novembro de 2014

A Gloriosa Resenha - Debi e Lóide dos



Olá amigos romanos!

Julgue o filme pelo título. Dumb and Dumber to”. Achou engraçado? Assistiria ao filme? Se você gosta dos filmes dirigidos e escritos pelos irmãos Farrelly, alguns como “Quem vai ficar com Mary?”, “Eu, eu mesmo e Irene”, e claro, “Debi e Lóide” você com certeza vai gostar desse filme.

Pouco tempo antes de assistir ao filme vi um comentarista de cinema falar que “o roteiro do filme era bobo” e “a comédia era física... Então se você conseguir dar risada, vale à pena assistir.”. (Pausa dramática para respirar e evitar insultos) Após escutar tal falácia de um “vendido”, fui assistir ao filme e achei sensacional. Uma coisa inegável no filme é a nostalgia que ele proporciona. Desde cenas com referências ao filme anterior até a própria trilha sonora. Você vai se sentir realmente assistindo a uma continuação.

Não posso não falar da atuação de Jim e Jeff que está muito boa. Uma dupla de atores que tem uma grande sintonia entre si. E preciso mencionar o que Érico Borgo (Omelete) disse: “O Jim Carrey eu até entendo, mas o Jeff Daniels com uma p*ta carreira séria agora aceitou fazer o bobalhão?”. Não esperava isso do Jeff também, mas ele mostrou que ainda consegue fazer grandes papéis de comédia.

Um ponto muito forte está no humor. Que é sim físico em determinadas cenas, mas também hilário em seus diálogos e situações. Em minha opinião, comparando com o primeiro, ambos são inesquecíveis. Debi e Lóide 2 é uma comédia que vale a pena ser assistida no cinema com a família, amigos ou namorada. E também vale a pena comprar o DVD ou Bluray, o que certamente vou fazer quando estiver disponível!

A resenha ficou um pouco curta. Mas vocês sabem que não gosto de dar nenhum tipo de spoiler, então espero que assistam ao filme por minha “crítica” ou porque sabem que Jim Carrey, Jeff Daniels e os irmãos Farrelly formam um quarteto incrível na comédia.

E não sei analisar tecnicamente se o roteiro era “bobo”, mas não consegui ver nenhum furo que me chamasse à atenção ou algum elemento que deixasse a história previsível ou genérica de modo negativo.


Ao Compartilhamento e Além!

Animal Figurado - #15







Sr. pitangus, o fofoqueiro.

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

sábado, 15 de novembro de 2014

Estude para o Enem e nem estude!















"Dividir e conquistar! Quer dizer... Dividir e Multiplicar! Porcentagem? Cai! Os Titãs também caem!" Não vou deixar mais confuso do que está! Então não deixe o pensamento... Voar, voar. Subir, subir...

@GregorioOff

Ao compartilhamento e Além!

Animal Figurado - #14







Há desafios piores na vida! Como postar tiras no dia certo, por exemplo!

@GregorioOff

Ao compartilhamento e Além!

(Atenção, pessoal! Já que abandonei o blog por 1 semana, fica aqui o esquema das postagens. Sábado saíram os posts dos dias 6 e 7 e Domingo dos dias 14 e 15.)

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Museu Hunchbackiano e as Falas de Gordoléia 3













Assisti "O homem sem sombra" recentemente e tive algumas ideias de piadas... É bem manjado, mas vale pra rir nesse sábado, ou domingo... Ou quando estiver vendo isso!

@GregórioOff

Ao Compartilhamento e Além!

Animal Figurado - #13









Lobo mau... Acho que tenho alguma fixação por este personagem.

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

sábado, 25 de outubro de 2014

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

A Gloriosa Resenha - I S2Craft

Olá amigos romanos!

Atenção para coisas inenarráveis que tentarão ser descritas a seguir. De pura insanidade e provindas de lugares que nem o subconsciente humano em sua totalidade poderia conceber em breve momento de atordoamento... Hoje tento, numa extremada tensão, descrever sobre um conto, há pouco tempo lido, escrito por H.P. Lovecraft. “Nas Montanhas da Loucura”.

É um conto onde a tensão reina absoluta e a curiosidade é inquietante. Ou assim é quando você não toma na cara nenhum spoiler, então vou resumir o conto ao que ouvi do Eduardo Spohr em um Nerdcast:

“É a história de uma expedição que vai a Antártica e começa a encontrar espécimes estranhos... Eles não sabem o que eles são ao certo... E vai ficando aquele mistério sobre o que se passa no local, o que é aquilo...”

Posso ter errado um pouco na transcrição, a referência foi a memória, mas é basicamente isso. O resto a ser descoberto é com a expedição e você.

Vale muito a pena ser lido! Só atento para a narrativa um pouco diferente e as primeiras páginas não serem tão fluidas quanto o resto da história. O Lovecraft é bem detalhista, até mais que Stephen King, e esse fato deixa a leitura monótona no início, mas que torna-se incrivelmente rico para o texto depois. (Repito) A tensão proporcionada pelo autor é o seu toque principal. E a cada descoberta feita é mais difícil parar de ler.

“Nas Montanhas da Loucura” foi o primeiro que li de autoria dele e com certeza não será o último. O conto estava há algum tempo em minha lista de leitura, mas eu sempre adiava. Acabei decidindo ler de imediato quando vi a notícia sobre o filme desse conto que seria dirigido pelo Del Toro. E após termina-lo refleti sobre um acontecimento específico na história que seria extremamente difícil de adaptar. E não estou falando do inimaginável que poderia facilmente se tornar galhofa, como já ocorreu em outras adaptações...

Então leiam. Porque eu quase não me contive em escrever alguns pequenos spoilers. Você pode baixar gratuitamente no site do HP Lovecraft diversos contos. Pode virar fã e até procurar o compilado de contos pra comprar. Ter o livro em mãos é sempre mais apaixonante... Ou não!


Ao Compartilhamento e Além!

(Especial)

Animal Figurado - #12








Um minuto de silêncio... Porque a piada é muito ruim!

@GregorioOff

Ao Compartilhamento e Além!

sábado, 18 de outubro de 2014

A Gloriosa Resenha - O Melhor Filme Brasileiro de Comédia




Olá amigos Romanos!

Eu já mencionei algumas vezes aqui o filme “Saneamento básico”, então achei que era bom fazer uma resenha sobre ele. E sou eu quem acho que ele é o melhor filme de comédia. É minha opinião!

O primeiro ponto a se abordar é o fato de todo filme brasileiro ter palavrão (estou generalizando). Todos têm... Tá legal! Existem alguns de comédia que não tem palavrão, mas eles são uma merda (continuo generalizando). No entanto, certo dia, de madrugada, eu assisti um filme brasileiro, de comédia, muito bom e sem palavrões. Este é “Saneamento Básico”.

Imagem retirada do Blog www.pudimdecinema.wordpress.com


A história do filme é bem simples. Marina (Fernanda Torres) vê uma oportunidade de finalmente sua vila levar adiante a obra de Saneamento básico. Oportunidade essa que envolve ela, seu namorado e família na produção de um curta-metragem. E essa produção improvisada de um curta é cheia de sacadas hilárias sobre amadores filmando. As piadas vão desde as técnicas de filmagem até o figurino. E por que não a interpretação?

Não sei se gostei tanto do filme pelo fato de ser uma paródia de uma produção cinematográfica, mas o entrosamento dos personagens é realmente fantástico. Não quero dar spoiler, então fico só nos elogios.

Pra quem curte cinema e produção, vai gostar. Pra quem curte uma comédia de bobeira, sem pretensões, vai curtir. Quem curte e valoriza alguns talentos do cinema que temos, vai adorar, pois nesse filme temos Fernanda Torres, Wagner Moura, Camila Pitanga, Bruno Garcia, Lázaro Ramos, Paulo José, entre outros... Não tenho mais nada pra dizer. Se quiser saber mais, olha na página da Wiki e... Assiste aí!


Ao Compartilhamento e Além!

(Desculpem o texto pequeno e o atraso na HQ!)